sexta-feira, 8 de junho de 2012


       ATIVIDADE FINAL
 PROGRAMA DO LIVRO DIDÁTICO 

PROJETO “CUIDAR  BEM DO LIVRO E UM DEVER DO ALUNO”











Público Alvo:
Alunos, Pais, Professores do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

PROBLEMÁTICA:

Após pesquisa com os envolvidos diretamente na utilização dos Livros disponibilizados pelo (PNLD )- observou-se que ainda há resistência quanto à conservação e devolução dos livros utilizados. Seja quanto ao livro didático, dicionários, livros de literatura ou periódicos. É importante ressaltar que a maioria das respostas converge para a dificuldade em conscientizar os alunos de que o uso do livro não desobriga da responsabilidade em conservar o material que será de propriedade coletiva. Portanto, mesmo que haja a distribuição pelo MEC e a qualidade do material cuidadosamente escolhido pelos professores é preciso tomar medidas para que estes livros sejam utilizados durante os três anos conforme proposta do Programa. Diante deste problema surgem indagações que precisam ser respondidas:


* O que fazer para que se tenha garantia da devolução do livro didático ao final do ano letivo em perfeito estado de conservação?

   * Como cuidar do livro didático para que tenha possibilidade de uso durante 03 anos?
  
Devido a tais interrogações surge a oportunidade de desenvolver um projeto na escola para que a conscientização dos envolvidos sobre a importância da correta utilização dos livros do PNLD.

JUSTIFICATIVA

O Programa Nacional do Livro Didático – PNLD prevê que a durabilidade dos livros seja de três anos. O livro será repassado ao aluno para uso, durante o período letivo, a título de cessão temporária, sendo que o aluno, pai ou responsável se obriga a devolvê-lo ao final de cada ano letivo. Para que esta durabilidade se efetive ressalta-se a necessidade, por meio da direção, da coordenação e dos professores, do desenvolvimento de ações que estimulem a conservação e a devolução, conscientizando e envolvendo alunos, pais e comunidade escolar para garantir que os livros sejam conservados e assim possam ser devolvidos em bom estado no final do ano letivo e para que não haja falta de livros nos anos seguintes para os alunos que precisarão utilizá-los. Esta é uma excelente oportunidade para que o aluno entenda o que é o patrimônio público. Que comece a entender como usá-lo de forma consciente e que seus direitos sobre o livro terminam quando começam os dos demais colegas.

OBJETIVO GERAL
Reconhecer o livro didático como um bem público, que deve ser conservado e devolvido ao final do ano letivo, bem como, quando o aluno for transferido de uma escola para outra, possibilitando o seu uso posteriormente para outros educandos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS-

* Mostrar toda a comunidade escolar o valor do livro didático, indispensável à compreensão das semelhanças e diferenças, permanências e transformações no modo de vida social, cultural, política e econômica de sua região, de sua comunidade.

   * Definir o dia da entrega e encanamento do livro didático.
   * Definir o dia da devolução do livro didático.
   * Apontar os livros didáticos que não foram usados de forma adequada.
   * Nomear uma equipe de pais, professores e alunos, voluntários para restaurar pequenos danos dos livros didáticos.
   * Organizar ações que possibilitem a devolução do livro didático

METODOLOGIA

   * Palestra para pais e alunos sobre o PNLD;
   * Campanhas de devolução do livro através de cartazes;
   * Gincana com premiação para a sala com maior número de livros bem conservados;
   * Divulgação das Propagandas do Governo sobre a conservação dos livros;
    * Apresentação de Teatros sobre a conservação dos livros com a participação de todas as turmas;
   * Assinatura de Termo de Responsabilidade pelos pais e alunos quanto à conservação do livro didático;

AVALIAÇÃO

Avaliar critérios como participação ativa, envolvimento nas atividades sugeridas, o impacto provocado na Escola e na comunidade. Também será muito importante observar a evolução gradativa e constante do crescimento intelectual e pessoal dos alunos e o senso de responsabilidade quanto ao uso racional do livro didático e o impacto das ações desenvolvidas para conscientização no início do ano letivo.


CONCLUSÃO

A realização das atividades contidas aqui são importantes  para que a escola possa desenvolver ações voltadas, não só para os aspectos intelectuais e pedagógicos, mas também de formação de cidadania que beneficiam o aluno. Este  tornar-se-á consciente de seus direitos e de seus deveres enquanto cidadão.
























                           Bodó     25 de maio   de 2012 

Nenhum comentário:

Postar um comentário